Data do evento:
Quarta, 14 de Agosto, 08:00 a Sexta, 16 de Agosto de 2013, 18:00

O XIV Seminário de Economia Industrial – XIV SEI

Inovação, Desenvolvimento e Sustentabilidade

Uma das preocupações centrais de gestores de política, de porta-vozes empresariais e dos estudiosos da economia brasileira tem sido, sem dúvida, as condições para a continuidade do crescimento do produto e do desenvolvimento da estrutura industrial verificados na última década. Este tema pode ser abordado sob diversos ângulos. O elenco temático do XIV Seminário de Economia Industrial teve por objetivo promover a reflexão em torno de três aspectos: as perspectivas futuras da economia brasileira, a contribuição da indústria para o desenvolvimento estável e sustentável e, em decorrência destes, uma preocupação mais específica com as políticas de promoção e financiamento industrial e com as atividades econômicas voltadas à sustentabilidade ambiental (baixa geração de carbono, produtos químicos “verdes”).

Reunindo por três dias especialistas acadêmicos e profissionais dos setores público e privado que tratam das questões acima, o Seminário procurou construir para uma avaliação consistente da agenda e retirar proposições sobre novos temas de investigação e de orientação das políticas para a promoção do desenvolvimento brasileiro. Na temática do XIV Seminário de Economia Industrial, as questões tradicionais que conduzem os estudos do GEEIN, e os que entraram na agenda, que norteiam as pesquisas que contaram com a participação de membros e colaboradores do Grupo – tanto trabalhos concluídos como em andamento - foram também apresentados para debate.

Os temas do XIV SEI podem ser divididos em três grandes eixos. O primeiro conjunto abordou questões industrias ligadas ao desenvolvimento econômico brasileiro, como localização da indústria (e da inovação) e as oportunidades e obstáculos criadas pelo (diminuição do) crescimento da China. O segundo eixo procurou avaliar contribuição de algumas indústrias, os desafios e oportunidades para o seu desenvolvimento estável e sustentável. O terceiro e último o eixo discutiu os mecanismo de investimento à inovação e ao crescimento.

O XIV SEI fez um balanço destes temas e questões a partir das pesquisas desenvolvidas pelos autores, cujos trabalhos foram apreciados por outros pesquisadores. Abrindo as sessões de cada um dos três dias do XIV SEI, ocorreu o Seminário de Jovens Pesquisadores. Nesse Seminário foram apresentados os resultados dos trabalhos de iniciação científica de jovens pesquisadores, desenvolvidos por algumas dezenas de bolsistas do GEEIN e de outras instituições do país. Diferentemente dos Congressos de Iniciação Científica internos das Universidades Paulistas, que reúnem diferentes áreas da mesma instituição, esta iniciativa congrega bolsistas pesquisadores de IC de diferentes instituições, mas da mesma área, o que permitiu um confronto maior de resultados e de experiências científicas.

SOBRE O SEMINÁRIO DE JOVENS PESQUISADORES

O Seminário de Jovens Pesquisadores em Economia Industrial, promovido pelo GEEIN - Grupo de Estudos em Economia Industrial tem por objetivo reunir estudantes de Graduação e Pós-Graduação das Universidades e Institutos de Pesquisa que estão realizando pesquisa científica na área de Economia Industrial e afins. O Seminário visa divulgar os resultados de suas atividades num ambiente acadêmico que propicie a difusão do conhecimento sobre os temas e metodologias de pesquisa utilizadas.

As sessões foram realizadas nos três dias do Seminário das 8h às 10h. As pesquisas selecionadas nessa fase - consideradas merecedoras de Diploma de Menção Honrosa são convidadas para uma reapresentação na tarde do terceiro dia. Nessa última etapa são definidos os premiados para cada categoria.

Nas sessões do Seminário de Jovens Pesquisadores houve a apresentação de trabalhos de jovens pesquisadores de diversas instituições, totalizando 37 trabalhos com apresentação oral. Estiveram representadas as seguintes instituições: FCLAr/UNESP – Araraquara, UFES – Universidade Federal do Espírito Santo, Fatec Mococa, UFPR – Universidade Federal do Paraná, ESALQ – Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" da Universidade de São Paulo, UFSM – Universidade Federal de Santa Maria, UFSCar – Universidade Federal de São Carlos, UNIARA – Centro Universitário de Araraquara, UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas, UFSC – Universidade Estadual de Campinas, UFU – Universidade Federal de Uberlândia, USP – Universidade de São Paulo. Os trabalhos foram submetidos à apreciação, além da comissão julgadora, a uma platéia formada por estudantes, pesquisadores e docentes e receberam comentários que certamente serão de utilidade nas etapas futuras.

Premiados:

De acordo com a avaliação criteriosa de toda a comissão julgadora, a premiação foi feita da seguinte forma:

Mérito Científico

Fabiano Dal – Ri (UFPR);

Luis Gustavo Baricello (ESALQ – Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" da Universidade de São Paulo).

Originalidade do Tema

Wellington Nascimento Gusmão (GEEIN e FCLAr/UNESP);

Relevância para o Desenvolvimento

Angélica Teixeira (GEEIN e FCLAr/UNESP);

 Graziela Contiero Talarico (GEEIN e FCLAr/UNESP).

Menção Honrosa

Aldren Stephano Vernersbach (UFES);

Carine de Almeida Vieira (UFSM).

 

Comissão Julgadora: a comissão julgadora foi composta pelos seguintes membros:

 Prof. Dr. Antônio Carlos Diegues Junior (CCTE/UFSCar-Sor)

Prof. Dr. José Ricardo Fucidji (GEEIN e FCLAr/UNESP)

Profa. Dra. Julia Paranhos de Macedo Pinto (IE/ UFRJ)

Profa. Dra. Tatiana Massaroli (GEEIN e FCLAr/UNESP) 

Prof. Dr. Rogério Gomes (GEEIN e FCLAr/ UNESP)

Dra Vanderléa Radaelli (BID) 

Prof Dr Júlio Rohenkohl (UFSM) (UFSM) 

Prof Dr Victor Prochnik (IE/ UFRJ)