Membros

Foto do membro João Eduardo de Morais Pinto Furtado

João Eduardo de Morais Pinto Furtado | Logotipo Lattes

joao1960@gmail.com

Instituição: USP e Elabora
Curso: Doutorado em Sciences Économiques
Início do curso: 1994
Entrada no GEEIN: 1991

Perfil

Graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Campinas (1981), mestrado em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Campinas (1984) e doutorado em Sciences Économiques - Universite de Paris XIII (Paris-Nord) (1997), com especialização sobre "Estratégias e Políticas Industriais e Tecnológicas" na CEPAL/ONU (Santiago do Chile, 1991). Professor assistente-doutor da UNESP (até 2009), credenciado como professor-orientador do programa de pós-graduação em Política Científica e Tecnológica da UNICAMP, professor assistente-doutor da Escola Politécnica da USP. Exerceu funções de assessoria no Congresso Nacional (Comissão Parlamentar de Inquériro sobre "Causas e conseqüências do atraso industrial e tecnológico", 1991-92), na FINEP Financiadora de Estudos e Projetos (1999-2002), e no BNDES Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (2005-2007). Coordenou diversos projetos de pesquisa (Cadeias Produtivas na Globalização e Diretório da Pesquisa Privada www.finep.gov.br/portaldpp). Fundou (1992) e dirigiu durante mais de 10 anos o Grupo de Estudos em Economia Industrial, formando dezenas de jovens pesquisadores em Economia Industrial, da Tecnologia e da Inovação e promovendo anualmente o Seminário de Economia Industrial. Coordena o Observatório de Estratégias para a Inovação. É fundador e Editor-Executivo da Revista Brasileira de Inovação. Orientou dezenas de trabalhos de iniciação científica, monografias de conclusão de curso, dissertações de mestrado e tese de doutorado. Produziu e publicou uma centena de artigos, capítulos de livros e relatórios técnicos. Exerceu, na FAPESP, a função de coordenador-adjunto para as áreas de inovaçao e para os programas PIPE e PITE (2007-2013). Foi conselheiro da FIESP (Conselho Superior de Tecnologia) e conselheiro (Conselho Superior) da Fundação Escola de Sociologia e Política. Linhas de pesquisa: economia da tecnologia e da inovação; estratégias e políticas industriais e tecnológicas; estudos setoriais; análise de estratégias competitivas e de tecnologia e inovação.