Membros

Foto do membro Marcelo Silva Pinho

Marcelo Silva Pinho | Logotipo Lattes

mpinho@ufscar.br

Instituição: DEP-UFSCar
Curso: Professor - Doutorado em Ciência Econômica
Início do curso: 1995
Entrada no GEEIN: -

Perfil

Graduado em Ciências Econômicas (PUC-Rio, 1986), cursou o mestrado e o doutorado em Economia na Unicamp (1993 e 2001). É professor associado do Departamento de Engenharia de Produção da Universidade Federal de São Carlos. Suas atividades de pesquisa concentram-se na área de Economia Industrial, enfocando temas como a dinâmica competitiva, a reestruturação produtiva, a privatização e as políticas industrial e tecnológica numa variada gama de setores - especialmente os produtores de insumos básicos, como a siderurgia - e em empresas de base tecnológica.

Projetos de pesquisa

2017 - Atual

Revisitando as Empresas de Base Tecnológica Brasileiras
Descrição: Cinco das dez maiores empresas de capital aberto do mundo foram fundadas há menos de 50 anos e duas delas, há menos de duas décadas. Embora jovens, essas empresas comandam recursos gigantescos e, em conjunto, têm valor de mercado maior do que o PIB brasileiro. Além do porte e da fundação recente, têm em comum a posição de primeiríssima ordem que a base tecnológica ocupa em seu leque de recursos e o papel crucial que exercem na dinâmica tecnológica e inovativa contemporânea. Partindo da premissa de que, em um país com as dimensões brasileiras, trajetórias de catching-up não podem prescindir da implantação no tecido empresarial de um núcleo importante de empresas com esse perfil, a pesquisa pretende atualizar e aprofundar a compreensão sobre a realidade das Empresas de Base Tecnológica (EBTs) no Brasil. Para isso, congrega em um estudo interdisciplinar um grupo de pesquisadores com formações distintas e competências variadas. O principal instrumento de investigação será uma pesquisa primária que pretende cobrir de forma abrangente ? em termos setoriais, regionais e de porte ? o universo das EBTs brasileiras e, em especial, retornar a 102 empresas entrevistadas na década passada, de maneira a poder analisar sua evolução ao longo do tempo. Além da base de dados constituída a partir da pesquisa de campo, a pesquisa se apoiará em comparações internacionais, estudos de caso e nos microdados da Pintec para responder um conjunto de questões de pesquisa articulado em torno de cinco eixos temáticos: dinâmica tecnológica e competitiva; mecanismos de financiamento; políticas públicas de fomento; interação universidade-empresa e formação de spin-offs; esquemas e organizações privadas de apoio a EBTs..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Marcelo Silva Pinho - Coordenador / Ana Cristina Fernandes - Integrante / Mauro Rocha Côrtes - Integrante / Ana Lúcia Vitale Torkomian - Integrante / Alceu Gomes Alves Filho - Integrante / Edemilson Nogueira - Integrante.