Embora existe uma série de políticas e programas de apoio à inovação no Brasil, observa-se que a demanda empresarial por recursos para inovação não é elevada. Por isso, desde 2013, o Grupo decidiu trabalhar no projeto "Caracterização das Políticas de Apoio e do Esforço Empresarial de Inovação no Brasil", coordenador pelo prof. Dr. Mário Luiz Possas.

O objetivo principal dessa pesquisa é compreender as causas do baixo dinamismo inovativo da indústria brasileira, a partir de uma análise focalizada da no lado da demanda por recursos inovativos.